Mudanças aproximarão Chubb das Centrais de Negócios

5391_thumb_gEm evento da Aconseg-SP, executivos da companhia também destacaram os desafios do mercado

Os principais desafios desse ano e algumas novidades para os corretores que atuam com assessorias de seguros, ou Centrais de Negócios, nomenclatura utilizada pela Chubb, foram abordadas por executivos da companhia durante o evento promovido pela Aconseg-SP, dia 6 de novembro.

Uma mudança da companhia que impactará positivamente os profissionais vinculados às assessorias é a reestruturação de Gustavo Carvalho, gerente comercial de São Paulo da Chubb, que a partir do próximo ano passará a responder pela regional São Paulo Capital e Interior, que anteriormente não existia. “Deixarei de olhar somente para Personal Lines e passarei a olhar para todas as linhas de produtos da companhia”.

Ele explica que essa mudança colaborará para um maior foco no atendimento em São Paulo e aproximação das Centrais de Negócios.

O executivo ressalta que a mudança não influenciará no atendimento de Personal Lines. “A central fará essa operação, pela estrutura e desenho que nós temos”.

Guilherme Olivetti, Gerente de Produtos Patrimoniais de Personal Lines da Chubb, mencionou a recente transição feita no sistema de cotações da Chubb. “Vocês nos ajudaram muito nesse processo. Foi muito mais rápido do que imaginávamos fazer essa transição e isso trará uma série de benefícios para o próximo ano”.

Olivetti comenta que essa ferramenta tem manutenção mais simplificada, o que colaborará para a performance do sistema, por exemplo.

Jair Mota, gerente comercial de Personal Lines, responsável pelo projeto das Centrais reforçou a representatividade das Centrais nos negócios da Chubb e a importância dessa parceria para lidar com os desafios desse ano.

“Comemoramos em fevereiro 10 anos do projeto Centrais de Negócios, o que é um orgulho para nós. Temos no Brasil todo em torno de 40 centrais”.

Desafios

De acordo com Priscilla Magni, diretora de Personal Lines, o início de 2014 foi desafiador pela influência do dólar e falta de peças de automóveis, situação que foi revertida no decorrer do ano. “Faz três meses que estamos com bons resultados e isso reflete para vocês – Centrais de Negócios – pois estamos conseguindo crescer”.

Ela comenta que o próximo ano será difícil em função dos desafios econômicos e cenário político, pelas limitações à entrada de veículos importados no País, por exemplo. Apesar disso, a venda de veículos importados crescerá, mas não no mesmo patamar positivo de 2011.

Em contrapartida, Priscilla lembra que as montadoras estão mais conscientes sobre a questão da falta de peças. “Estamos sofrendo menos com relação à falta de peças, e isso impacta no nosso business”.

A seguradora planeja um grande investimento no seguro residencial no ano que vem para alavancar a comercialização do produto. “Temos que descobrir maneiras de como vender mais o residencial para equilibrar a carteira, por causa do automóvel”.

No balanço do presidente da Aconseg-SP, Jorge Teixeira Barbosa, o encontro com a Chubb ratificou a importância da parceria entre a seguradora e os corretores que atuam com assessorias para driblar os desafios ocorridos nesse ano.

Ele também destacou a criação da Regional São Paulo como um colaborador para os negócios das assessorias. “A Aconseg-SP vislumbra que essa reestruturação será benéfica aos corretores vinculados às assessorias, pois o maior foco no atendimento colaborará para que as Centrais cresçam em todas as linhas de produtos da Chubb”. (Cobertura Editora/Aconseg-SP).

Fonte: 10/11/2014 – REVISTA COBERTURA MERCADO DE SEGUROS

ERRO!
Ocorreu um erro na execução do script. Se necessário, informe o problema ao desenvolvedor.

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/aconseg237/domains/aconsegsp.com.br/public_html/site/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 399

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>